quarta-feira, 21 de setembro de 2016

[9701] - O KRUZKINI...


... a resposta cristã ao
burkini das muçulmanas!

7 comentários:

  1. Consta nos meios geralmente bem informados que num andar de Queluz se trabalha afanosamente no desenho de uma nova peça de vestuário feminino balnear que se chamará zeroquini. Parece que numa prospecção de mercado, feita com todas as garantias de fiabilidade, se chegou à conclusão de que o produto será altamente vendável, devido ao baixo investimento que comporta, apenas de publicidade. É que com o mesmo não haverá custos de matéria-prima nem de mão-de-obra, o negócio redundará em grande entrada de capitais, pelo que o dono do dito andar se prepara para mandar a aparelhagem de oxigénio que ora usa às malvas e emigrar de vez para os Alpes, onde não precisará de nada disso e será tratado como um nababo em resort ainda a escolher... servido por empregadas em zeroquini. Não imaginamos como é que as pequenas irão resolver o problema das frialdades do inverno que se aproxima, mas estamos certos de que o inventor do zeroquini tratará do assunto da maneira mais adequada.

    Braça com nada,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Raios, o Zito está tão atarefado a fazer zeroquinis que nem dá resposta. Ou então já vendeu tantos que se raspou mesmo para os Alpes. Não sei é se lá encontrará algum restaurante que faça cozido à portuguesa ou sardinhadas aos domingos...

    Braça à espera de novidades sobre a fábrica Zitozeroquinis,
    Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava a dormir, meu caro...Esta coisa de andar com as cânulas do O2 penduradas no nariz durante 16 horas por dia não proporciona as melhores das noites pelo que, durante o dia, tenho a tendência de me vingar, dormindo!
      Faltou, também, confirmar que quem descobriu este belo kruzkini foi o nosso Valdemar...
      Quanto ao "zerokini" vou pensar no assunto mas creio que, ao contrário do que pensa não deve ser grande negócio pois o Verão acaba já às 14H21 do próximo dia 22...
      Braça bem agasalhado
      Zito

      Eliminar
  3. Bem, o islâmico que vê o kruskini sai a clamar pelas ruas em voz alta: Ó malta, andam a enganar-nos, afinal as tais virgens do paraíso estão aqui na terra em carne e osso! E trazem a cruz dos gajos!

    ResponderEliminar
  4. Estranho. Meti um comentário e ele não aparece. Deve ter havido algum erro meu.
    Dizia eu que se um islâmico der com esta banhista na praia, desta a correr esbaforido a gritar aos sete ventos: Ó malta, andamos a ser enganados, afinal as tais virgens estão aqui na terra e trazem o sinal da cruz.

    ResponderEliminar
  5. Diacho, depois de meter o comentário anterior surgiu agora o outro, que por acaso foi metido às 19H35.
    Vá-se lá entender...

    ResponderEliminar