quinta-feira, 10 de novembro de 2016

[9893] - AQUI HÁ GATO...


Recentemente, publicamos uma série de apontamentos sob o título de "Memórias de Mindelo", com textos que foram colhidos do "Clube Matiota" pelo amigo José Fortes Lopes e que apareciam como sendo originais de Rocca Veracruz....Porque se tratava de matéria interessante, tivemos todo o prazer em publicar os escritos, com o duplo prazer de serem da autoria do filho de um grande amigo de outros tempos, o Júlio Vera-Cruz (Julim de Siminhas)...
Foi, pois, com preocupação e alguma tristeza que acabo de receber uma mensagem de Fátima Lopes, que passo a reproduzir:

"Caro Sr. Zito Azevedo,
Ao tomar conhecimento dos artigos  publicados no seu blog Arrozcatum sobre S. Vicente de antigamente, grata ficaria que publicasse o  seguinte esclarecimento no seu blog:
Quem já leu a obra ”Mindelo d'Outrora”  da autoria de Manuel Nascimento Ramos, Sr. Néna, publicada em 2003 , uma colectânea de cerca de trinta artigos publicados nos jornais Terra Nova, Vóz di Povo e Tribuna,  entre 1979 e 1995, certamente reconhecerá extractos de textos ou resumos dos mesmos, que o Rocca Vera-Cruz tem vindo a publicar.  Recordo que o autor da obra,  Manuel Nascimento Ramos, Sr. Nena, fez um exaustivo trabalho recorrendo a experiência vivida assim como à pesquisa bibliográfica trazendo ao público muitos factos desconhecidos de muitos  cidadãos mindelenses. Assim teria sido elegante mencionar a obra, pois o autor quando relatou factos citou fontes como deve ser feito, o que não se constata no texto em que há resumo da obra ou muitas passagens reproduzidas textualmente.
A família Néna"

Creio que, face ao exposto, me assiste o direito de solicitar explicações a Rocca Veracruz e a Clube Matiota pois, ao que parece, estamos em presença de um caso grave de plágio para o qual o Arrozcatum acabou por ser arrastado, razão das desculpas que aqui consigna à família do saudoso amigo Néna, embora tenha agido com absoluta boa-fé...

8 comentários:

  1. Assim se percebe porque é que o Pd'B nunca coloca material vindo de determinados clubes...

    Braça independentemente independente,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. E já agora, para fomentar inveja, o Pd'B declara que tem DOIS exemplares do citado livro, um deles oferecido e autografado pelo saudoso Dr. Aníbal Lopes da Silva. Agora é que vai ser manha, ahahahahaha

    Braça com toda a gente a salivar,
    Djack

    ResponderEliminar
  3. A "coisa" veio-me pela mão do José...Por isso confiei!

    ResponderEliminar
  4. Penso que o José fez o que a maioria faz que é "REPASSAR"; isto equivale a "mandaram-me e não guardo". Portanto quem expediu devia citar a(s) fonte(s). O AcA nem precisa pedir desculpas pois mencionou quem deu a sugestão.
    Aprovo e aplaudo a reacção da filha do meu amigo Nena que me autografou o seu trabalho.

    ResponderEliminar
  5. Julgo que a família Néna não reclama pelo texto do Rocca mas sim pelo facto de ele não ter citado fontes. De resto não vejo problema nenhum em reproduzir textos no ArrozCatum desde que devidamente citado os autores. O Zito não tem culpa nenhuma nisso, nem eu. Nem ele nem eu escrevemos texto algum. Os conteúdos são da inteira responsabilidade do autor, e era o mais que faltava ser de outra maneira.
    Que o Zito continue reproduzindo através do ArrozCatum textos e notícias de outras fontes!!
    No Stress!!

    ResponderEliminar
  6. Tanto quanto entendi, o Rocca apresenta-se com o autor de textos que, pelos vistos, são respingados do livro do Néna... Ora, isso, é muito grave, para não lhe chamar outra coisa!

    ResponderEliminar
  7. Quando li o que o Rocca deu à estampa, sabia que aquilo não era novidade para mim nem, certamente, para muita gente. Estive no lançamento do livro Mindelo d'Outrora do Sr. Nena, porque na altura eu estava em S. Vicente. Li-o e fiquei a conhecer muita coisa sobre o passado da nossa ilha que eu ignorava, pelo que, em minha opinião, duvido que se possa publicar algo sobre a matéria sem que se tenha de citar a obra do Sr. Nena.
    Portanto, é lamentável o plágio em que incorreu o Rocca, o que pode ter acontecido por inadvertência ou inexperiência. Claro que este blogue limitou-se a postar o que recebeu.

    ResponderEliminar
  8. Agradeço ao Sr. Zito Azevedo a gentileza da publicação do meu esclarecimento. Efectivamente o Arrocatum não tem culpa do que se passou, pois a responsabilidade incumbe ao autor do texto, e eu reconheço a sua muita boa vontade em publicar textos vindos de vários quadrantes atinentes a Cabo Verde e ao Mundo em geral.
    Cumprimentos
    Fátima Ramos Lopes

    ResponderEliminar