sexta-feira, 9 de março de 2018

[10044] - LANÇAMENTO DE LIVRO

“O ataque de um submarino alemão no Porto Grande de S. Vicente durante a I Grande Guerra (1914-18)”, é um livro de autoria de Jorge Morbey, editado pela “Livros do Oriente”,  que conta, em crioulo de S. Vicente e em português, um episódio daquele conflito mundial, ocorrido em Cabo Verde, cujo relato simples se esgota numa notícia de jornal, com meia dúzia de linhas.
Passado um século sobre esse evento, em que foram torpedeados dois cargueiros de nacionalidade brasileira, no dia 2 de Novembro de 1917, na baía do Porto Grande da Ilha de S. Vicente, esse acto bélico persiste na memória colectiva do povo daquela ilha, como um acto humanitário, nascido do envolvimento amoroso do comandante de um submarino alemão com uma linda jovem cabo-verdiana, envolvimento que acabou por salvar o povo daquela Ilha de morrer ceifado pela fome.
Cruzando fontes brasileiras, alemãs, portuguesas e cabo-verdianas, o autor não encontrou qualquer outro suporte que justificasse o ataque do submarino alemão, aos dois vapores brasileiros nos mares de Cabo Verde, além dos fornecidos pela aritmética básica da guerra submarina que se media pela soma da tonelagem de navios afundada ao inimigo.
Recorrendo ao modo como os cabo-verdianos guardam o seu imaginário colectivo, com amenidade encanto e humor, na superação do insuperável, o autor abre uma óptica de análise que enquadra este fenómeno, de conversão se um acto de morte e destruição, em lenda de amor e fraternidade, durante a crise alimentícia de 1916-18, à luz dos estudos sobre os efeitos psicológicos e fisiológicos da fome, realizados desde os finais da II Grande Guerra, nos E.U. da América.

Pátio da Penha, Edifício Kam Lai Wan, 3.º andar, 4/D, Macau

Morabeza di Cabo Verde

Sem comentários:

Enviar um comentário