sexta-feira, 29 de junho de 2018

[10072] - CAMPEONATO DO MUNDO DE FUTEBOL - III


ANTEVISÃO DOS OITAVOS- DE-FINAL


FRANÇA – ARGENTINA

A França demonstrou ser um conjunto mais equilibrado, isso apesar de não deslumbrar. A equipa alviceleste, não convenceu, assim como Messi, pareceu sentir a falta dos seus companheiros do Barça. Será com certeza, um dos jogos mais interessantes de seguir desta fase, tratando-se quase de uma final antecipada.
Com as devidas reservas, parece-nos que a França parte com alguma dose de favoritismo.


URUGUAI – PORTUGAL

O Uruguai passou pela fase de grupos com três vitórias, mas a verdade é que não foi posta completamente à prova. Quanto a Portugal, ainda não convenceu, tendo como atenuante o fato ter estado num grupo, claramente mais competitivo.
Estamos perante uma “tripla”, pelo que tudo se resolverá nos “detalhes”. Esperemos que um deles seja um CR7 inspirado.


ESPANHA – RÚSSIA

Se tudo correr com normalidade, e apesar do “factor casa”, a Espanha também parte como clara favorita nesta eliminatória. Na verdade, a Rússia, soçobrou claramente, no único verdadeiro teste da primeira fase contra o Uruguai.
A Espanha parte como clara favorita.


CROÁCIA – DINAMARCA

O futebol de grande qualidade e eficácia, praticado pelos croatas, um dos conjuntos que encerraram a primeira fase, só com vitórias, deverá ser suficiente para uma Dinamarca, pragmática, mas com acções muito previsíveis.
Quanto a mim, os croatas perfilam-se para serem uma das grandes “surpresas”, deste campeonato.


BRASIL – MÉXICO

O México começou em alta e acabou em baixa a fase de grupos, deixando poucas razões para acreditar que tem soluções para derrotar um super-favorito Brasil, que apesar de ter contra, o comportamento egoísta de Neymar, tem claramente mais argumentos.
Com grande dose de confiança, o Brasil, pode ir marcando o hotel para a próxima fase.


BÉLGICA – JAPÃO

À Bélgica terá saído o brinde desta fase de apuramento. O futebol não é uma ciência exacta, mas não acreditamos que os Nipónicos tenham o mínimo de argumentos para esta talentosa selecção belga.
A Bélgica parte com uma dose muito elevada de favoritismo.


SUÉCIA – SUIÇA

No jogo de menor cartaz destes oitavos-de-final, defrontam-se duas equipas muito parecidas, embora a Suiça tenha individualidades mais criativas do seu lado. Contudo, já assistimos (Suécia – México), como o conjunto sueco pode ser terrível mente eficaz.
Guardo aqui, uma pequena dose de favoritismo para o conjunto sueco.


COLÔMBIA – INGLATERRA

Mais uma partida com forças altamente equilibradas, isto apesar de estarmos perante duas equipas com características algo distintas. Os colombianos, mais repentistas e imaginativos, os ingleses mais físicos, retilíneos, mas, contudo, mais tecnicistas que em gerações anteriores. Vejamos se o facto desta Inglaterra, não ter sido realmente posta à prova na primeira fase (a partida com a Bélgica não contou), não lhe custará o apuramento.
Outro jogo de “tripla”, com ligeiro favoritismo para os ingleses.

Paulo Azevedo

Sem comentários:

Enviar um comentário