quinta-feira, 28 de agosto de 2014

[7326] - O SENTIDO DAS PALAVRAS...

Escolha de A. Mendes

1 comentário:

  1. Bem escolhido, amendes. E sobretudo muito oportuno nestes tempos em que todos os sinais apontam para a conclusão segura de que o homem é a pior espécie que habita este planeta. Se o animal mata, regra geral é por instinto de sobrevivência, para se defender ou para se alimentar. Não há ali maldade e perversidade. Diferente é o homem, que racionaliza a maldade explorando os confins mais negros do seu instinto animalesco. Os tempos estão muito maus e o homem estará neste momento a revelar-se como é de verdade. É preciso ver que não se pode comparar a barbárie de há milénios com a de hoje. Antes, o homem estava praticamente virgem de ideais, princípios morais e utopias (não meto a religião nisto). Hoje, depois do Iluminismo e de todos os apetrechos da civilização humana, o homem passou a poder olhar de forma diferente para a realidade que o cerca e passou, sobretudo, a conhecer-se melhor a si próprio e ao seu semelhante. E contudo os instrumentos do modernismo civilizacional parece que lhe servem mais para cultivar e refinar a maldade. E isto tanto serve para o capitalismo selvagem como para o radicalismo islâmico e todas as formas de extremismo.

    ResponderEliminar