domingo, 28 de setembro de 2014

[7465] - SÓ, OU MAL ACOMPANHADO?!...


Às vezes pergunto-me quantas vezes Robinson Crusoe, antes do aparecimento do "Sexta-Feira", terá desejado a companhia, ainda que fortuita, do seu pior inimigo, em vez da absoluta solidão a que estava condenado...
Desde muito novos que somos habituados a exteréotipos na forma dos chamados "ditados populares", alguns bem judiciosos, diga-se de passagem... Mas, há-os de um género demasiado radical, pelo menos sob um ponto de vista filosófico e, entre esses, destaco o "mais vale só que mal acompanhado"...Será?!...
Eu acho que, há ocasiões e situações no decurso mais ou menos longo da vida de cada um de nós em que, de boa mente, se dariam anos de vida em troco de algo - ou alguém - que preenchesse o vazio imenso de uma sensação de completo isolamento e solidão...
Claro que se aceitam sugestão: contra e a favor!

6 comentários:

  1. Este rapazinho parece só no meio de uma multidão de fiéis islâmicos. Dirá ele, às vezes mais vale estar mesmo só

    ResponderEliminar
  2. É, apenas, uma imagem para ilustrar o tema da solidão...

    ResponderEliminar
  3. Rita Lee repete em sua música - antes mal acompanhado do que só e hoje, depois de muito testar, digo-lhe antes só!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não diga isso, amiga: a solidão é estar morto com vida!

      Eliminar
  4. Uma imagem sugestiva. Até parece que a criança se interroga: "Que faço eu aqui? no meio disto?...Que futuro me estará reservado?"
    Abraços

    ResponderEliminar
  5. E nós, sem lá estarmos, não raro, colocamos as mesmas questões...Crises de identidade?
    Braça...

    ResponderEliminar