segunda-feira, 27 de outubro de 2014

[7569] - A LEI DE TALIÃO...

EM ABRIL, UM ACIDENTE COM UM FERRY-BOAT COREANO´, CAUSOU A MORTE A MAIS DE 400 PASSAGEIROS E TRIPULANTES...



Um tribunal Sul-Coreano, condenou o motorista do ferry Sewol à pena de morte por homicídio involuntário. Le Joon-seok era o capitão do ferry no acidente que matou mais de 400 pessoas, a maioria jovens estudantes, ao largo da Coreia do Sul.

Naquele país, aguarda-se ainda pela sentença de mais três membros da tripulação, que também foram acusadas de homicídio. Estas informações foram adiantadas pela CNN.

N.E. - Nunca tivemos uma simpatia especial por esta "lei de talião", que nos remete para o primitivismo do principio do "olho por olho, dente por dente" uma forma de punir o crime falha de imaginação e do sentido da proporcionalidade...Será que  Le Joon-seok merece morrer, porque o navio que ele comandava sofreu um acidente do qual resultaram centenas de vítimas  mortais? O erro é, por natureza e definição, humano e, matar o vilão, não devolve a vida aos vitimados...Cremos que a privação da liberdade ainda é o melhor remédio, concedendo ao condenado tempo para reflectir sobre os seus pecados e, eventualmente, salvar a própria alma pelo exorcismo voluntário.


Sem comentários:

Enviar um comentário