quarta-feira, 4 de março de 2015

[7854] - NAVIOS E MARINHEIROS...


1934 – O Navio farol de Nantucket (Estados Unidos da América) é abalroado por um cargueiro e afunda-se,  provocando a morte a toda a  tripulação,  constituída, sobretudo, por cabo-verdianos. Na altura, o advogado Alfred J. Gomes (1897 – 1974) incentiva a comunidade cabo-verdiana a estabelecer o "Seamen’s Memorial Fund",  para conceder bolsas de estudo e auxilio aos familiares dos malogrados tripulantes.
Nota: 
Alfred J. Gomes  emigrou para os EUA (New Bedford) com a idade de 7 anos. 
À custa de muito trabalho e força de vontade, consegue formar-se em direito em 1923, pela Universidade de Boston, tornando-se num dos mais importantes líderes da comunidade na cidade. Os cabo-verdianos na diáspora e os do arquipélago muito lhe devem… A sua história é merecedora de ser contada…
……(Col. Amendes)

1 comentário:

  1. No Praia de Bote já se falou há tempos, do dito cujo:

    http://mindelosempre.blogspot.pt/2011/04/0057-maria-emilia-de-cunha-este-nome.html

    Braça com carmen Miranda e mamã da dita,
    Djack

    ResponderEliminar