sexta-feira, 6 de março de 2015

[7862] - BARRAGEM NO MATO INGLES...


Delegada do Ministério do Desenvolvimento Rural, Ambiente e Pesca (MDR) em São Vicente, Janaína Almeida,  disse que o estudo para barragem em Mato Inglês já tem financiamento e que encontra-se na fase da execução, com recurso as perfurações dos buracos já existentes.

Janaína Almeida, em entrevista a RCV ,confirma que já há luz verde para o financiamento do estudo para construção da barragem em Mato Inglês e assegura que “estamos à esperar para começar a realização do estudo “

Boas notícias para a ilha do Monte Cara, no qual os agricultores e criadores não esconderam a sua alegria aquando dos ensaios de bombagem que aconteceram durante o mês de Fevereiro e início de Março de 2014 , devido o grande impacto com a descoberta da água e em 2015 o MDR já está na fase da execução do estudo para construção da barragem do Mato Inglês. Janaína Almeida assegura que São Vicente será beneficiada pela realização de trabalhos que permitirão uma maior disponibilidade de água para a agricultura e pecuária. Porém a Delegada do MDR garante que “além da mobilização de água, vamos continuar a trabalhar na massificação da introdução de novas tecnologias de rega e gota a gota, vamos continuar a apoiar os criadores, na construção de infra-estruturas pecuárias, cedência de espaços para criação de animais, na melhoria das condições higiossanitárias das próprias construções.”

Noticias do Norte - 24.02.2015

3 comentários:

  1. Esta notícia merece ser emoldurada em moldura de luxo (ouro velho) com uma placa dourada em baixo com a seguinte frase gravada: "Inté quinfim!!!" Embora arrancadas a ferros, lá vão surgindo algumas melhorias na ilha do Monte Cara (neste caso, do Mato Inglês). Aleluiaaaaaaa!!!

    Braça com albufeira,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Esta notícia por sim só já representa um avanço mesmo que tímido. Já não era sem tempo para iniciar a construção de barragens em S. Vicente pois mete dó ver tanta água e terra a ir para o mar. Mas barragem por barragem atenção que isto tem as suas contra-indicações. Como me disse um tio meu, especialista em hidráulica em áreas secas, um Master nesta área com 45 anos de experiência, sem um tratamento das encostas bastante é assoreamento garantido e a barragem perde a sua utilidade ao fim de uma a duas décadas. Portanto atenção com dinheiro investido a pressa para agradar eleitorado e coisinhas feitas de qualquer maneira

    ResponderEliminar
  3. Ao mesmo tempo que me regozijo com esta notícia chamo a atenção para o reparo do José Lopes.

    ResponderEliminar