domingo, 19 de abril de 2015

[8037] - PATRIMÓNIO EM ESCOMBROS...


Hoje, no Dia dos Munumentos & Sítios, a igreja do Tarrafal foi demolida!

A igreja de Nhô Santo Amaro Abade, no centro da cidade de Mangue, em Tarrafal de Santiago, foi ontem demolida, para espanto de muitos habitantes daquele concelho...
AVOZ.CV

5 comentários:

  1. .
    "País que não respeita o seu património é país desgraçado" (?).
    Quem é o responsável por tamanho vandalismo? Qualquer terra tem a sua origem como todo o rio a sua nascente mas em Cabo Verde ninguém quer saber da salvação do Património como se fosse uma tara. A politica é de "Tude pa tchom". Até quando?
    .

    ResponderEliminar
  2. Parece que aquilo estava em iminência de ruir. Foi o que li.

    ResponderEliminar
  3. Eis o que escreveu o nosso amigo Brito-Semedo ontem (segundo percebi, ele fala apenas em ampliação):

    COMEÇARAM AS OBRAS DE AMPLIAÇÃO DA IGREJA DE SANTO AMARO ABADE

    Obras dessa natureza despertam sempre muitas reacções, favoráveis e contrárias. Cada um tem razão, uma certa razão, a partir de um certo ponto de vista.

    Não restam dúvidas que os monumentos carregados de simbolismo e valor histórico religioso, cultural etc.. como é o caso de algumas Igrejas em Cabo Verde, devem ser preservados na maior integridade possível, mantendo as suas linhas estruturantes originais. Mas quando está em jogo a segurança das pessoas por causa da utilização desses edifícios (degradado) a que se junta a a necessidade de maior e melhor acomodação da assembleia, é necessário que se tenha espírito aberto para se inovar e conservar ao mesmo tempo o que for possível. As autoridades (todas) bem disso.

    Por um lado, há-de se integrar o melhor possível os aspectos arquitectónicos, históricos e outros. Por outro, é preciso fazer as alterações que se impõem, sempre na maior consonância possível com o que a história nos legou.

    Votos de bom trabalho. Fidelidade ao passado e abertura ao futuro!

    Diocese de Santiago de Cabo Verde

    ResponderEliminar
  4. Esta Igreja parece-me uma obra a preservar. Não me passava pela cabeça demolir a igreja matriz de S. Vicente.Eu sei porque deixam ruir para poderem especular em negócios. A Casa Adriana foi um exemplo desta atitude

    ResponderEliminar
  5. Uma Igreja muito antiga. Fiquei surpreendida com a notícia. De facto o edifício estava bastante degradado. Necessitava de obras. Situada, como tradicional das igrejas antigas em Cabo Verde, no ponto mais alto, bem visível e sobranceiro da Vila do Tarrafal.
    Faço votos que a reconstruam, sem cair na tentação do "modernaço". Algo que preserve a traça que era elegante.

    Abraços

    Ondina

    ResponderEliminar