sábado, 30 de maio de 2015

[8201] - PRAGMATISMO FILOSÓFICO-POLICIAL...



Uma jornalista perguntou a um coronel do BOPE (polícia de elite do Rio de Janeiro), se seria capaz de perdoar os traficantes que derrubaram um helicóptero da PM, matando 3 agentes...
A resposta foi rápida:
"Eu creio que a tarefa de perdoar cabe sempre a Deus... A nossa tarefa é a de promover o encontro entre as partes!"
Face à actual situação no Rio de Janeiro,, deve considerar-se que esse coronel é uma "avis rara" a merecer um prémio. Há, porém, a considerar que,  uma grande percentagem dos votos que elegeram o actual Governador, Pezão Chulézento, vieram de bandidos e traficantes... Logo, é garantido que o nosso coronel não tardará a ser transferido para uma cidadezinha insignificante do interior do Brasil...
Colaboração de Artur Mendes

1 comentário:

  1. Também me parece que o coronel está a destoar completamente naquele ambiente insano.

    ResponderEliminar