sábado, 22 de agosto de 2015

[8406] - PERSPECTIVA...


BELA PERSPECTIVA DO MINDELO E DA BELÍSSIMA BAÍA DO PORTO GRANDE, COM
O CARACTERISTICO RECORTE DE UM PASSADO VULCÂNICO MUITO NÍTIDO, A 
DENUNCIAR A POSSIBILIDADE DE, HÁ MUITOS MILHARES DE ANOS, S.VICENTE 
E S. ANTÃO TEREM SIDO UMA SÓ ILHA...

(Fonte - Clube Matiota)

4 comentários:

  1. Nas investigações que tenho feito sobre a origem da minha família encontrei no arquivo dos meus ancestrais uma pedra de xisto com inscrições em australopitequês que consegui traduzir e que foi gravada pelo meu milionésimo avô que se chamava Bô Ca Tem Conga Dejeque du Sai-al. Trata-se de um relato de longa viagem efectuada por ele entre Pu Trol Gual e Cá Bove Herde, zonas nessa altura ligadas por terra. O avô Bô Cá seguiu para sul e ali por alturas de onde hoje é o Senegal virou para a direita e, montado num burro, dias depois chegou a uma terra onde se via uma cara num morro. Gostou do sítio e abrigou-se numa gruta que daí para diante lhe serviu de lar. Mais tarde juntou-se com uma cro-magnonense natural de uma elevação fronteira (que percebi ser o Santo Antão de hoje), depois de durante muitos dias a ter observado do cume de um pico relativamente próximo do tal monte (obviamente, o djéu).

    Acho que o Zito só conseguiu perceber esta ligação entre as ilhas (hoje desaparecida) por causa de ser descendente do Homo Azevedicus...

    Braça com moca e barbas até ao chão, Djack

    ResponderEliminar
  2. Sim a Baia do Porto Grande é uma enorme cratera, supostamente SV e SA estariam ligados há milhões de anos. Como irão evoluir estas duas ilhas no futuro (milhões de anos) niguém sabe. Não se esqueçam que estamos no zona de forte actividade sísmica

    ResponderEliminar
  3. Dlack, meu amigo, se você fosse politico, ganhava a todos - actuais e passados - graças a essa sua gigantesca capacidade de mascarar a realidade...Notável!
    Braça Azevedicular,
    Zito

    ResponderEliminar
  4. Olá amigo Zito

    Muito bonita esta fotografia.
    Tão perfeitinha a curva, a arte da Natureza e a beleza em evidência.
    Gostava de apreciar ao perto, como é impossível, obrigada por
    partilhar a imagem em foto.
    Abraço
    Dilita

    ResponderEliminar