terça-feira, 10 de novembro de 2015

[8634] - METAMORFOSE NÁUTICA...


1º NOME – “WURZBURG” – Pertencente à companhia de navegação alemã Norddentsher Lloyd – De 4.987 T, e um hélice, fora fabricado em 1901, tendo navegado na rota da América do Sul, entre 1904 a 1914. Ao estalar a I Guerra Mundial refugiou-se no Porto-Grande, em S.Vicente (Cabo Verde) tendo sido arrestado pelas autoridades portuguesas. E foi rebaptizado…


2º NOME – “S. VICENTE” – Até 1925. Durante a I GM, fez parte do lote de navios afretados à companhia francesa Funess que os reafretou aos ingleses. Foi devolvido a Portugal em 1920, para novo baptismo, 5 anos mais tarde…


3º NOME – “LOANDA” – A Companhia Colonial de Navegação, constituída no Lobito (Angola) a 3 de Julho de 1922, começou com a frota dos navios Ganda e Guiné.
Em 1925, com a liquidação dos Transportes Marítimos do Estado, a CCN é autorizada a comprar mais quatro navios, dois dos quais, o “Amboim” e o… “S. Vicente” que ganhou, então, o seu 3º e derradeiro nome…


MORTE TRÁGICA: Em Dezembro de 1934, o “LOANDA”, ex – “Wurzburg” e ex- “S. Vicente”, abalroa e afunda o paquete holandês “ORANA”, no Porto de Leixões.

Em 1938, ao completar 37 anos de vida e três personalidades, acabou "desmantelado e cremado", em Itália...

(E-mail de Artur Mendes)


Sem comentários:

Enviar um comentário