domingo, 14 de fevereiro de 2016

[8910] - AVE, HABEMUS ONDAS...


Mais um Puzzle desvendado!
Até hoje, e apesar dos milhares de milhões investidos na procura deste Santo Graal nunca se tinha detectado ondas gravítacionais o que continuava a ser da maior perplexidade, um mistério da história da física e mesmo das Ciências. Daí a festa de antes-de-ontem, que reuniu cientistas e os media do mundo inteiro!!1

Os físicos colocavam a questão: mas bolas, se a gravidade existe no espaço vazio intersideral como a sentimos no dia-a- dia, ela só pode ser transmitida por ondas como é o caso da luz que se propaga por todo o Universo, vazio ou não?!
O problema é que não podendo detectar tais ondas já se questionava se a natureza escondia algo mais pérfido e ruim (se Deus não jogaria aos dados, não brincaria com os meninos terrenos, uma hipótese que irritava Einstein), ou se as nossas teorias estavam a esbarrar contra um muro, o que seria muito grave, a maior crise da Física... Felizmente, estamos tranquilos neste aspecto, a menos que...
A verdadeira razão é que a tecnologia (meios de detecção) não estava suficientemente desenvolvida para detectar ondas tão caprichosas. Hoje, os físicos respiram de alívio pois os conceitos desenvolvidos pela Física desde há séculos, são coerentes e Einstein está satisfeito lá no alto das nuvens... De resto congratula-se com Deus mais esta ousadia dos homens, que é a procura incessante, a descoberta dos mistérios da natureza, e as mais primordiais: porque estamos aqui, de onde viemos e para onde vamos, quem está por detrás disto tudo? O que é Deus, afinal?!
Agora, resta  saber 'por onde põe a galinha os ovos', o instante do Big - Bang, o que havia antes, se este Universo é  único ou se vivemos em vários dimensões do espaço-tempo! Esta é a procura incessante do Santo Graal...
José Fortes Lopes

3 comentários:

  1. Assim, sim. Já não preciso da lupa. Este problema gráfico resolve-se da maneira mais simples: quando vamos reproduzir um texto de outrem nos nossos blogues, pega-se nesse texto em bruto e lança-se no "Bloco de Notas". Depois copia-se de lá e coloca-se então no blogue. Assim, fica o texto igual em todos os posts em vez de ser cada um de seu tamanho e com aspectos diversos. "Bloco de Notas", não esquecer. Há um pequeno problema que é desaparecerem itálicos e negritos, mas esse problema não é nada ao lado de ter num mesmo blogue vários textos não uniformes. Negritos e itálicos repõem-se manualmente, com facilidade, copiados do original.

    Braça explicativa,
    Djack

    Braça a olho nu,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. É como eu faço, só que, por vezes, os PCs parece terem vontade própria e alguns proprietários alguma falta de jeito...
    Braça naif
    Zito

    ResponderEliminar
  3. Uma grande descoberta! Interessante! A explicação do mistério da força gravítica - afinal, através de ondas - lá nos espaços siderais!
    Abraços

    ResponderEliminar