quinta-feira, 10 de março de 2016

[8996] - OS AZUIS E BRANCOS DO MINDELO...

CLUBE SPORTIVO DERBY - 1956

Esta foto chegou-nos às mãos em e-mail do amigo Luis Silva, que trazia, aínda, a seguinte mensagem:

Caro Zito:  Ti Djô Figueira dizia que, até 1954, uma boa selecção de São Vicente  era capaz de enfrentar qualquer equipa de Portugal...
Esta equipa do Derby,  teve um treinador português, oficial do Exército, a quem chamavam Balão, que impôs o consumo do achocolatado Toddy aos seus jogadores e por isso a equipa do Derby passou a ser chamada, na boca daquele  povo desaforode de Soncente por "Toddy", e dominou o nosso futebol de 1955 a 1958.
Eu nunca fui derbyano mas por uma questão de justiça envio-te uma fotografia da bela equipa do Derby constituida de grandes jogadores que estiveram na seleçcão de Cabo Verde e também em boas equipas de Portugal como o caso do Tai (Salgueiros) Jom Matiota (Uniao de Coimbra), Torquato (Boavista):
Em cima: Torquato, Jom Matiota, Norberto, Aguinaldo, Nhone e Jom Bata Cru; em baixo - Bans, Jom Swing, Orlando, Tai ( melhor que ele só Maradona e Messi) e Batchinha...
Um abraço,
Luiz

N.R. - Se bem me recordo, esse "tenente" Balão, assim chamado devido ao avantajado volume corporal, acabou por ir parar a Moçambique... 
Era conhecido por "110" (referência óbvia ao seu peso) e, em Lourenço Marques meteu-se em sarilhos pois foi um dos muitos que, depois do 25 de Abril ocuparam o Rádio Clube, por não aceitarem que o território fosse entregue, de mão beijada, à Frelimo...As voltas que o mundo dá!

2 comentários:

  1. Derby já marcá gol!

    Braça d'Mindelense,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. Sempre ouvi que esse Tai era um craque. Vi-o jogar, assim como os outros, claro. O Derby era o clube do meu pai.
    Por onde andará o Balão? Sempre ouvi que ele era uma pessoa muito dinâmica e generosa. Era oficial miliciano em regime de contrato ou de prolongamento de prestação de serviço.

    ResponderEliminar