terça-feira, 3 de maio de 2016

[9181] - REGIONALIZAR...O APETITE...


No passado sábado, na Associação dos Antigos Alunos do Ensino Secundário de Cabo Verde, em Lisboa,  havia, às 15,30, conversa séria sobre a Regionalização...O assunto, para além de profundo e da maior importância para o futuro sócio-económico das ilhas iria consubstanciar-se numa jornada dialéctica, física e mentalmente exigente pelo que, por volta das 11H00, se envolveram palestrantes, convidados e dirigentes da Associação numa confraternização gastronómica do mais regional que era possível e com um menu de fazer inveja a muitos lugares ornamentados de estrelas Michelin, que incluía, entre outras iguarias, cachupa guisada com linguiça e ovo estrelado, pasteis de milho, fungue de banana, cus-cus quente e respectivos acompanhamentos...Os americanos, chamam a esta refeição, a meio da manhã, um "BRUNCH", pois já não é um pequeno-almoço, "Breakfast" (BR...) e aínda não é um almoço, "Lunch" (...UNCH)... Cremos que todos, depois, se sentiram muito mais aptos a enfrentar a magnitude da matéria sobre a qual se fixaria a atenção geral, ao longo de algumas horas que bem poderão vir a ser a pedra de toque do futuro da democracia cabo-verdiana! 
Dizem que a cabeça funciona melhor com o estômago bem "forrado"!


1 comentário:

  1. O momento gastronómico foi realmente agradável, sim senhor. E o que estava em cima da mesa pôs os presentes em perfeita convergência e sem nada que pudesse traduzir qualquer espécie de diferenciação no arquipélago. Só faltou uma panelinha de arrozcatum.

    ResponderEliminar