quarta-feira, 18 de maio de 2016

[9216] - VIGILÂNCIA SOBRE ÁREAS PROTEGIDAS...

As áreas marinhas protegidas de Santa Luzia e ilhéus passarão a ser vigiadas por uma embarcação financiada pela União Europeia e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O projecto tem como objectivos, entre outros, a redução da pobreza e o reforço da segurança alimentar das comunidades costeiras. O acto de entrega da embarcação aconteceu esta segunda-feira, 16, nas instalações da Marina do Porto Grande de Mindelo.

A entrega do navio para a patrulha das áreas marinhas de Santa Luzia e ilhéus enquadra-se na implementação da “Governação política de gestão dos recursos marinhos e costeiros e segurança alimentar e redução da pobreza nos países da eco-região marinha da África Ocidental (WAMER)”.

O projecto, que vai cobrir a eco-região marinha da Mauritânia, Senegal, Gâmbia, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Serra Leoa e Cabo Verde, é co-financiado pela União Europeia e PNUD, no montante de 10,5 milhões de euros (1.155 milhões CVE).

O projecto tem como objectivo melhorar a gestão dos recursos marinhos e contribuir para a redução da pobreza e o reforço da segurança alimentar das comunidades costeiras, através da adopção de boas práticas de uso sustentável dos recursos marinhos e costeiros, realça a UE em comunicado.

A cerimónia de entrega oficial ao Estado de Cabo Verde contou com a presença do ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, em representação do Governo de Cabo Verde, com a representante Adjunta do PNUD em Cabo Verde, Ilaria Carnevali, e o Embaixador da União Europeia em Cabo Verde, José Manuel Pinto Teixeira. (in A Semana)

Sem comentários:

Enviar um comentário