terça-feira, 24 de maio de 2016

[9245] - AINDA NÃO HÁ CEMFA...

A Semana
24 Maio 2016
O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, disse esta segunda-feira, que problemas imprevisíveis impediram a nomeação do novo Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas. Entretanto escusou-se a falar sobre esses alegados constrangimentos.

Jorge Carlos Fonseca anunciou, há uma semana, que ia indigitar, por decreto presidencial, o novo Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas, cuja proposta foi apresentada pelo Governo de Ulisses Correia e Silva. Entretanto tal não aconteceu “devido a problemas imprevisíveis no processo", segundo o PR.

”Por se tratar de um assunto que requer uma articulação entre o Governo e o Presidente da República, fomos deparados com pequenos problemas imprevisíveis, e espero que muito rapidamente seja selecionado", declarou Jorge Carlos Fonseca escusando-se a entrar em pormenores sobre os alegados problemas que surgiram no processo.

Recorda-se que o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, general Alberto Fernandes, apresentou a 30 de Abril, último, a sua demissão do cargo que vinha ocupando desde Novembro de 2011, depois do massacre de Monte Tchota, que vitimou onze pessoas — oito militares e três civis, dos quais um nacional e dois espanhóis.

Sem comentários:

Enviar um comentário