quarta-feira, 17 de agosto de 2016

[9571] - DESELEGÂNCIA...

O sul-coreano BAN KI-MOON, oitavo Secretário-Geral da ONU, cargo que desempenha desde 2007, está de abalada, pelo que andam as instâncias próprias da Organização a sondar uma série de candidatos à sua sucessão, entre os quais o português António Guterres.
Ora, o senhor Moon, em declarações recentes tomou uma atitude que, pessoalmente, acho, no mínimo despropositada e contrária ao estatuto de um Secretário-Geral da ONU, ao tomar partido pela  escolha de uma mulher para o substituír...
Não sabemos se, quando ele concorreu ao cargo, sete anos atrás, haveria, como agora, mulheres na corrida, mas fica-nos a dúvida sobre se, então, ele já sería da opinião de que estava na hora de mudar ou se a meta dos 60 anos por ele referida como argumento é algo de institucional...
Creio que estamos na presença de uma deselegância diplomáticamente condenável...

2 comentários:

  1. Perfeitamente de acordo com as suas considerações, Zito. Mas não creio que isto possa prejudicar a corrida do Guterres, um homem com H grande, com perfeita vocação para o cargo. De facto, o António Guterres é um homem do mundo.

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o Zito e com o Adriano e nem me vou dar ao trabalho de julgar um Homem como é o candidato luso, mas lamento a saída de quem vai sair do pôsto quando fala de uma candidata. Sujeira. Golpe dos frequentes na política.

    ResponderEliminar