domingo, 22 de janeiro de 2017

[10009] - A AMEAÇA...




55 comentários:

  1. Bom dia. Partilho desta sua preocupação, mas fico feliz que esteja antenado e produzindo. Daqui meu abraço eminhas orações.

    ResponderEliminar
  2. Eu digo uma das ameaças.
    Àlém de algumas ditas menores, vamos três fontes de ameaças a gerir: Trump; Putin e, o mais imprevisivel e não menos perigoso, Erdogan.
    Se peço a Deus pela saùde do nosso amigo Zito, também Lhe peço para nos livrar dos caprichos destes três elementos que nada nem ninguém respeitam.

    ResponderEliminar
  3. Subscrevo as observações da Nouredini e do Val. Em primeiro lugar, a minha satisfação por ver o Zito "antenando", como diz, com muita propriedade, a nossa eloquente amiga do Brasil. Quanto ao Val, ele mete na lista de figuras tenebrosas o Erdogan, pessoa de quem não se tem falado mas que é, efectivamente, uma ameaça, com a particularidade de estar numa zona das mais sensíveis do globo.
    Sobre este estafermo do Trump, o mundo que se prepare para dias tenebrosos, a não ser que os americanos accionem em devido tempo um "impeachment". O que é que se pode pensar de uma criatura que, no dia em que toma o poder, a sua primeira medida é revogar dois diplomas que favoreciam os mais desprotegidos da sociedade americana?

    ResponderEliminar
  4. Curiosamente, Val, o Putim é de quem receio menos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao penso que o Trump mexerà no botão e o Putin bem sabe disso. Portanto, cada um faz picardia subtilmente. Jà o outro é um imprevisivel que põe a Europa a seus pés ameaçando abrir a torneira para os migrantes atravessarem o Maditerrâneo.

      Eliminar
  5. Que o Zito esteja bem e em tranquilidade ao pé da Maiúca.

    ResponderEliminar
  6. Um dia repleto dos carinhos da sua Maiúca e do conforto do seu lar. Continuamos vigiando a panela do arroz!!

    ResponderEliminar
  7. Bom dia. Panela no fogo e barriga vazia...rsrs
    Paz e bem amigo.

    ResponderEliminar
  8. Espero que esteja confottável e cercado dos mimos da família. Daqui envio um forte e votos de resiliência.

    ResponderEliminar
  9. Um domindo de muitos sorrisos e boas lembranças. Esteja no conforto da sua Maiuca.
    Abraços cheios de sol

    ResponderEliminar
  10. É pela amiga Nouredini que sei noticias do Zito.
    Por ela fiquei a saber, de que o seu estado de saúde piorou. Todos lamentamos, mas não queremos cair no desânimo. Queremos acreditar que ele vencerá de novo, e daqui a pouco voltará para o conforto da sua casa, para perto da sua Maiúca o seu grande amor. Não com a saúde de outrora?! Talvez; mas suficiente para conviver connosco mercê do Arrozcatum.
    Eu espero, e tenho fé que assim será.
    Dilita

    ResponderEliminar
  11. Hoje dia de Iemanja,rogo que ela carregue em suas águas nossos votos e desejos de saude ao amigo.
    Adoiá, mãe Iemanjå

    ResponderEliminar
  12. A Iemanja te ouça Nouredini! Um abraço a todos os amigos que aqui torcem pela saúde do Zito.

    ResponderEliminar
  13. Passando a colher na panela e botando um botando uma brasinha no fogo.
    No cuidado. Bom dia a todos.

    ResponderEliminar
  14. Que o Pai seja com vc e sua família.
    Bom dia a todos

    ResponderEliminar
  15. Enquanto há vida há esperança, eu quero acreditar.
    Continuo a vir aqui, e a esperar.
    Dilita

    ResponderEliminar
  16. Neste 7 de fevereiro envio meu carinho e oracões a toda família.
    Quem mais de 10.000 posts publica nunca será esquecido. Viva a imortalidade da rede

    ResponderEliminar
  17. Obrigado pela dedicação e pelas preces, que calam bem fundo nos nossos corações. O meu pai continua a lutar estoicamente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abraços e votos de conforto e confiança a toda família

      Eliminar
  18. Alimentando a brasa e mantendo as preces abraço toda família.

    ResponderEliminar
  19. Vim aqui e voltarei sempre, pois ainda não perdi a esperança nem a estima que dedico a quem mesmo distante sempre me estimou.Que seja tudo como os familiares desejam.Eu desejo igual
    Abraços a todos com votos de coragem e esperança.
    Dilita

    ResponderEliminar
  20. O cozinheiro tá de licença mas a cozinha a todo vapor. Esteja bem amigo.

    ResponderEliminar
  21. De Alagoinbas - BA envio o meu abraço fraterno.
    Nouredini

    ResponderEliminar
  22. "Eu não pude evitar o teu sofrimento
    quando as dores te partiam o coração
    mas pude chorar contigo
    e receber os pedaços
    pensando poder-te aliviar.

    Eu não pude trazer soluções
    para todos os problemas da tua vida,
    nem tive respostas
    para as tuas dùvidas e medos,
    mas pude ouvir
    e comparilhà-los contigo".

    REQUIESCAT IN PACE

    (o texto é uma adaptação)

    ResponderEliminar
  23. Morreu o nosso amigo e colega bloguista Zito Azevedo. Muito nos ensinou (ou relembrou) sobre Cabo Verde, terra para sempre amada, apesar das patifarias que alguns dos filhos "menores" das ilhas lhe fizeram. Deixa imensas saudades, bem como o seu Arrozcatum, parceiro do Pd'B de mais de meia década. Um braça d'ratchá osse para ele, nesta viagem sem retorno, desejando-lhe que lá onde ele estiver se possam ouvir mornas e coladeras e se comam boas cachupas e, obviamente... arrozcatum. Um grande viva ao Zito, dito do alto do Monte Cara. VIVA O ZITO, SEMPRE!!! E que o Arrozcatum continue, para alegria do seu dono que nos olhará, sempre atento, lá de cima!

    Braça,
    Djack

    ResponderEliminar
  24. E um abraço fraterno para a família e amigos!

    Djack

    ResponderEliminar
  25. É com muita mágoa que acabo de saber que o amigo Zito Azevedo animador do blogue Arrozcatum já não se encontra entre nós.
    'Mnin de Soncente' um grande amigo de Mindelo, de S. Vicente e de Cabo Verde. Zito partilhava comigo algo especial a Rua da Moeda em S. Vicente onde morou até ser expulso 'manu-militari' em 1977 de Cabo Verde.
    Zito foi um grande animador da Rádio Barlavento e da Rádio Clube e a sua voz ecoava por todo Cabo Verde até essas rádios terem sido caladas pelo destino e a arbitrariedade.
    É uma perda inestimável para os amigos que giravam em torno do seu blogue Arrozcatum (não pode haver nome mais mindelenses para um blogue que este) e que ele acolhia a todos com muito carinho.
    No meio de toda a censura ele acolhia com muita abertura os nosso textos de opinião assim como sugestões de headline.
    A mágoa que carregou toda a sua vida é que a justiça às injustiças que sofreu nunca lhe tenha sido feita. Mas a contribuição, à sua maneira, para que essa justiça aconteça um dia foi dada, e ela será feita um dia, se Deus quizer, para ele e todos os outros. ViVa Zito Eternamente
    RIP

    ResponderEliminar
  26. Queridos Companheiros do «Arrozcatum»

    Quero compartilhar convosco a saudade que fica do nosso Zito. As palavras faltam sempre nestes momentos que mais delas precisamos para expressar o que todos sentimos. O nosso silêncio carregado de afecto e de boas memórias, elevemo-lo também ao Zito. Parafraseando o poeta Jorge Barbosa.
    À viúva, ao mano, aos filhos, aos netos e familiares; a todos, a expressão de sentidas condolências.
    Ondina

    ResponderEliminar
  27. Muito triste com esta perda. Era uma pessoa muito querida de todos. Hoje o meu coração está triste e pelo menos sempre que entrar num blog ou comer arroz com atum, lembrar-me-ei do nosso querido Zito. A toda a família as sentidas condolências.

    ResponderEliminar
  28. É com muita tristeza que soube da partida do amigo Zito, pessoa correcta e que sempre acolheu bem a todos no seu blog. Que a luz ilumine o seu caminho. As sentidas condolências à família . RIP Zito.
    Fátima Ramos Lopes

    ResponderEliminar
  29. Sempre desejei que lhe fosse o melhor. O descanso foi a escolha do Universo e do Pai. Sinto uma profunda tristeza e as lagrimas gotejam como se vida própria tivessem.
    Não se chora ou sofre menos por aquele que morreu longe de nos. A dor é imensa e não faz diferença se eramos amigos fazem 5, 10 anos ou toda uma vida. Eramos cúmplices e confidentes. Eramos amigos.
    Peço ao amigo Arthur que, com sua imensa gentileza e bondade, abrace a toda familia e deite uma rosa no peito do meu amigo. Faça isso por mim.
    Não consegui acessar o recado pelo fone, mas sei que ele me ligou. Nem consegui recuperar o número.
    Espero continuar a ter a todos por perto, pois através de Zito aprendi um querer especial por todos.
    Que a luz de Cristo nos conforte e ampare Maiuca e filhos.
    Com carinho e respeito
    Nouredini

    ResponderEliminar
  30. Custa ter a certeza de que o Zito partiu. Custa ter a certeza da sua ausência no Arrozcatum, das suas palavras sábias. Pela minha parte a estima que me dedicava, as opiniões que me dirigia e que para mim eram ensinamentos que sempre agradeci porque com o seu saber também eu aprendia mais. É um vazio que sinto,irremediável, que faz doer.
    Descansou do sofrer, mas isso não chega para aceitar de ânimo leve a ausência de alguém que se estima.
    Se o céu existe, que seja esse o lugar do Zito a partir de agora.
    Abraços a D. Maiuca, a seus familiares e a todos os amigos que nesta hora nos juntamos no
    mesmo pensamento.
    Dilita

    ResponderEliminar
  31. Este é daqueles momentos dolorosos que nos deixam sem palavras para exprimir o que vai na alma. Era já previsível este desfecho, mas quando chega a hora fatal o impacto é sempre cruciante. O blogue ARROZCATUM teve o condão de criar e cristalizar uma boa e sã amizade entre os seus mais dilectos correspondentes. O Zito foi o centro de tudo isso, o importante pilar dessa construção humana, cativando-nos com a elevação do seu espírito, a pureza dos seus princípios e a sua permanente e voluntária adesão às boas causas. O seu sentimento tanto era suscitado pelos problemas de Cabo Verde como pelos de Portugal e do mundo inteiro. Era um homem do mundo, sem fronteiras para abrir e partilhar o seu coração. Neste havia, contudo, um cantinho especial onde a nossa ilha de S. Vicente se resguardava com carinho e incontida saudade. O Zito era mais cabo-verdiano do que muitos que lá nasceram, entendendo-se como "cabo-verdiano" esse interesse e preocupação constantes, orlados de emoção, pela terra onde cresceu, onde estudou, onde viveu a sua juventude e onde se ligou à mulher dos seus sonhos, uma bravense.
    Resta-nos a esperança de que alguém da família dê continuidade ao blogue, para assim continuarmos em sintonia espiritual com o Amigo que nos deixou.
    Aguardarei informação sobre o funeral, no qual estarei presente.
    Até sempre, Amigo!
    Um muito sentido abraço de solidária condolência à viúva, Maiúca, aos filhos, aos irmãos, à família em geral e aos amigos.



    ResponderEliminar
  32. "Esquina do Tempo", do nosso amigo Manuel Brito-Semedo, também manifestou o seu desgosto com o infausto acontecimento de hoje. Ver em: http://brito-semedo.blogs.sapo.cv/

    ResponderEliminar
  33. O mesmo sucedeu no blogue brasileiro "Café e Bolinho", de Nouredini Heide Oliveira, aqui: http://cafeebolinho.blogspot.pt/2017/02/encerrado-o-expediente-la-se-foi-o.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fui ao Esquina do Tempo e ao Café e Bolinho deixar o testemunho do meu sentimento pela perda do nosso Amigo.

      Eliminar
    2. A amiga Dilita do Renda de Birras , se associ a registrando o seu pesar em http://rendadebirras.blogspot.com.br/2017/02/adeus-amigo.html?m=1

      Eliminar
  34. Profunda tristeza pela perda do Sr. Zito. Só nos resta guardar as boas lembranças.
    À família enlutada as minhas sinceras condolências. Que repouse em paz.

    Matrixx

    ResponderEliminar
  35. Queria exprimir à família, a viúva, os filhos e irmãos, as minhas sinceras condolências.
    José Fortes Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo post no Facebook. Emociona a quantidade de comentários e votos de condolências aos familiares e amigos.

      Eliminar
  36. Caros amigos,

    Neste momento sinto uma profunda saudade do nosso amigo. saudade tola, porque não se perde quem esta vivo em nosso coração.
    Somos todos passageiros e não sabemos aproveitar. Levarei comigo todos os presentes que Zito amealhou para mim. Uma das 3 melhores coisas que ele possuía: -A afamilia, Cabo Verde e o rol dos amigos que me fez conhecer. Vocês amigos são o melhor presente que já recebi e peço que possamos permanecer unidos.
    Aos que puderem abraçar de perto os Azevedo peço que levem os meus cumprimentos, carinho e preces.
    Um forte abraço ou braça como diria nosso Zito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na seca terra caíram hoje despojos de dor , de um mar que nos levou o capitão. Oh cesto da gávea fica com o teu companheiro!...

      Continua a ajudá-lo a almejar longe como sempre fez.

      Neste porto ficou um amigo, que lhe trouxe Cesária para lhe prestar homenagem.

      Espero encontrar ambos, e tantos outros, no dia do meu embarque.

      Uma coisa é certa: não salgarão tanto a terra como o fizemos por ti!... Até logo!

      Eliminar
    2. Amigo, apreciei imenso a sublime expressão do seu sentimento. Que seria de nós sem o afago da poesia? É ela que atenua o rigor da tormenta e exercita a nossa esperança em chegar a um porto feliz. Apareça sempre!

      Eliminar
    3. De tão belo , o texto ameniza a dor da saudade.

      Eliminar
  37. Para os que não puderam estar presentes, Praia de Bote mostra o essencial das cerimónias fúnebres do nosso amigo Zito Azevedo em https://mindelosempre.blogspot.pt/2017/02/2863-ultima-viagem-do-nosso-amigo-zito.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre grata pelo fraternidade de partilhar conosco.

      Eliminar
    2. Belas e doutas são sempre as vossas palavras, tal como são as dele.Ele entrou na minha vida há 40 anos, sou "irmão" do filho e cheguei tarde a esta bênção cultural que medrou já mais de 10000 vezes. Continuem!

      Eliminar