segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

[8899] - O RACISMO, SEGUNDO MUGABE...


1. Racismo nunca vai acabar enquanto houver veículos brancos usando pneus pretos.

2.Racismo nunca vai acabar, enquanto continuarmos a lavar as roupas brancas em primeiro lugar e, em seguida, as outras cores.

3.Racismo nunca vai acabar se as pessoas continuam a usar o preto para simbolizar desgraça e o branco para simbolizar a paz.

4.Racismo não vai acabar se as pessoas continuarem a usar roupas brancas nos casamentos e pretas nos funerais.

5.Racismo nunca vai acabar, enquanto aqueles que não pagam as suas contas estão na lista negra e não na branca. Mesmo quando jogamos bilhar, (snooker),  ganhamos quando embolsamos a bola preta enquanto a branca continua livre, a circular...

6-Mas eu sou louco e vou a continuar a usar o papel higiénico branco para limpar o meu cu Preto e fico feliz!

(Citado por Dulce Luma)

 COMENTÁRIO...

Os africanistas cabo-verdianos que andam a destilar quilos de disparates vão ficar contentes com estas bocas do pseudo libertador... Este líder africano alguma vez na vida teve juízo? Já ultrapassou Bokassa!! Haja pachorra para tantos disparates!!Com líderes destes, a África está rumo a um futuro /passado e bem entregue... Uma dinastia que dura há quase 40 anos e o senil vai fazer, ou já fez, 90 anos!!!

José Fortes Lopes

4 comentários:

  1. Dá vontade de rir, sim senhor. Mas não deixam de ter piada algumas dessas premissas, e é como contributo para o anedotário que as temos de considerar.

    ResponderEliminar
  2. Bokassa tinha dessas mas era outra coisa. Quem era mesmo doido varrido era o Idi Amine "Dada" que podia disputar o primeiro lugar com o Mugabe que é o campeão tanto no estilo e como na duração.
    Não esqueçamos que este satânico que destruiu a agricultura do "celeiro da África" (retirou-a aos brancos para a dar aos preguiçosos), não esquecer, dizia eu, que ele dá guarita ao assassino que liquidou a Família Hailé Sélassié.

    ResponderEliminar
  3. Francamente! "Aberrações" mesmo! Etiqueta bem achada! De facto, algumas sentenças são cómicas.
    Alguns líderes africanos, para não dizer muitos deles, são "cassidjados" no, e pelo Poder. Não estranhem a palavra entre aspas. Na minha ilha, o Fogo, quando se quer dizer que alguém é bem agarrado a alguma coisa, ou não a larga e nem cede lugar, usa-se o termo em crioulo, "cassidjado." Creio que vem do português, "caseado." Na costura: acção de, através de pontos unidos e bem fortes, que duram com a roupa, abrir as casas para os botões.

    ResponderEliminar
  4. Afinal, não foi o escolhido entre seus pares para Presidente da União Africana??

    ResponderEliminar