quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

[8922] - O PAÍS "GENERALISTA"...


Quantos generais haverá nos diversos países?...

(Queiram conferir em: generais/wikipedia:)

Suécia: 1 general
Noruega: 1 general
Inglaterra: 3 generais
Espanha: 28 generais
EUA: 31 generais
França: 55 generais
Brasil: 100 generais
Alemanha: 189 generais
Portugal: 238 generais!!! (Só?...)

Comentários!?

Não foram encontrados dados para a Grécia, Itália e Austrália.

Cada qual, tire daqui as suas conclusões!

8 comentários:

  1. Uma curta busca desfez logo alguns destes números. Aliás, dizer-se que existem apenas 31 generais nos EUA é afirmação que faz logo sorrir qualquer um... Logo à primeira, dei com este site: http://www.parana-online.com.br/editoria/pais/news/91933/ Nele, se refere que o Brasil tem 151 (na lista do post contam 100); o mesmo site dá para os EUA 352 (ali em cima, 31). Claro que o mais certo é ambas as listas estarem erradas mas como poderíamos acreditar que a GB tem 3 generais?... no site que eu refiro, fala-se em 61.

    Mas para dizer a verdade, tanto se me dá... O que se me dá é que não podemos acreditar em todas as listas que nos enviam. Aliás, nem no Praia de Bote devemos acreditar, quanto mais na Wikipedia. O único, verdadeiramente único em quem devemos ter confiança é o Djosa de Nha Bia que diz que a Santa Sé tem 723 generais e 847 almirantes...

    E eu digo e redigo a pés juntos que Andorra tem 638 generais da Força Aérea, 942 almirantes e 1147 generais do Exército. Agora, desmintam-me...

    Já nem falo da república das Berlengas...

    Braça com 5 estrelas e galões por todo o lado,
    Djack

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quantos generais tem a Guiné'Bissau?

      Eliminar
  2. Aprovo esta postagem dos Generais porque convida-nos a pesquizar. Agora vamo-nos ocupar dos assuntos que nos concernem. Fico à espera do comentàrio do nosso Amigo Coronel mas acho que temos generais a demais. E dizer que o Serviço Militar não é obrigatôrio...
    Gostaria que o Serviço Militar, os Serviço Civico - com peso e medida - fosse obrigatôrio a todos. De farda a nossas meninas ficam mais bonitas (e respeitadas).

    ResponderEliminar
  3. E já agora, o decapitado ali de cima era marechal... é claro que antes disso foi general... dos ares... Vá lá que marechais, pelo menos na república, poucos tivemos. E a proposta para-eânica não teve contrapartida, que o dito recusou-a.

    Braça com cravos no craveiro,
    Djack

    ResponderEliminar
  4. É claro que aqueles dados não têm a mínima relação com a realidade. Primeiro, é preciso saber que grau de general está a ser considerado. Todos os postos que se incluem na classe de oficial general ou os que correspondem apenas a altas estruturas das forças armadas? Além disso, é preciso saber se esse dado corresponde às existências no activo ou também às das situações de reserva e reforma. Ou até os falecidos. É possível que os atribuídos englobam toas as situações, activo, reserva e reforma.
    No entanto, sou de opinião de que temos oficiais generais que excedem as necessidades. Por uma questão de moralidade, devia-se racionalizar essa situação, até porque temos actualmente umas forças armadas muito reduzidas.
    Quanto ao número exacto de oficiais generais portugueses existentes em 1985, altura em que ainda não tinham sido drasticamente reduzidos s efectivos militares, consultei a lista e encontrei: generais de 4 estrelas: 3; de 3 estrelas: 22; de 2 estrelas: 54. Dá um total de 79. Portanto, os do exército são 79 no total e é de notar que parte deles estava nos comandos da GNR e PSP. Actualmente, o número é bem inferior. Agora, se contarem com todos os que passaram pelas forças armadas e estão na reserva e reforma o número aumenta consideravelmente.
    Relativamente aos outros países citados, a realidade não confere com o que figura naqueles números.

    ResponderEliminar
  5. Resulta sempre...Basta reproduzir algo duvidoso e há sempre quem faça buscas para conferir os numeros...Antes de publicar este texto, que recebi por e-mail, fiz diversas consultas e encontrei "n" resultados, todos diferentes uns dos outros...Aliás, sempre achei "desmasiados" os generais portugueses, mesmo somando os do exercito aos da aeronautica mas como o país, por vezes, confirma o Entrocamento, nunca se sabe!
    Braça generalista
    Zito

    ResponderEliminar
  6. Os que realmente sabem sobre isso já explicaram aqui e bem a situação "generalíssima."
    Apenas acrescento da minha lavra meio ignorante: os muito Generais nas terras de Vera-Cruz, não terá a ver com o facto de aí ter perdurado, (por muitos anos) o regime militar ano poder? E assim houve um facilitamente para muitas promoções?...

    Abraços
    Ondina

    ResponderEliminar
  7. Segundo informações diversas que chegaram ao meu conhecimento, os generais brasileiros não exageraram nas promoções nem tampouco nos proprios vencimentos. Abusos mesmo, segundo fontes desse pais, quem exagerou em tudo foi o Lula. Serà?
    Infelizmente, com a aniquilação dos flog's desde Janeiro, là se foram os amigos que me forneciam tudo relativo ao pais irmão.

    ResponderEliminar