quinta-feira, 6 de outubro de 2016

[9756] - ARAFAT NÃO MORREU...


YASSER ARAFAT, AFINAL, NÃO MORREU... FOI ESTA MANHÃ APANHADO NA RUA 
DE LISBOA, PELA CÂMARA DO DJIBLA A TENTAR VENDER A MEDALHA E O DIPLOMA
DO PRÉMIO NOBEL DA PAZ, QUE NUNCA NINGUÉM CONSEGUIU EXPLICAR A QUE
PROPÓSITO LHE FOI ATRIBUIDO...

2 comentários:

  1. O Djibla não tem emenda. Continua o mesmo pirracento de sempre. E esperemos que continue assim, por muitos e bons anos.

    Braça para ele,
    Djack

    ResponderEliminar
  2. O que não sabem é que o Arafat está hospedado no hotel do Djibla, pelo que este consegue assim tirar o máximo proveito da situação. Só que os mindelenses, que têm a mania de que são mais espertos do que o mundo todo, estão a dizer que não é nada o Arafat, mas sim um homem de Chã de Pedra, Santo Antão, chamado Joquim de Lorença, que está com a "cabéça leve". O Djibla é que não se conforma e até já deu uma conferência de imprensa para confirmar que é mesmo o Arafat, e que o homem apenas anda "quebrode", razão por que tem mesmo de vender a medalha pelo melhor preço. O problema é que os ricaços cabo-verdianos, que estão todos na Praia, ainda não viajaram para São Vicente para fazer a oferta com que o Arafat está a contar. Conclusão, o Djibla é que está a ganhar com isto tudo, pois ele conta ter o hotel cheio com os compradores que hão-de vir de toda a parte, inclusive do continente africano. Nâo faltarão "generais" e "presidentes de república" basofos a gastar uma boa maquia para poderem ostentar no peito aquela medalha. Assim conseguem disfarçar as malfeitorias que cometem nos seus países.

    ResponderEliminar